Centro Hospitalar de Coimbra, EPE
 
Pesquisa
  Emergência Informações Úteis Mapa do Site Mapa HEPE
 
 
 
 
 
Serviço de Cardiologia Pediátrica
   O Serviço    Actividade Assistencial    Informação para Visitantes    Telemedicina    Contactos    Links   

Guia de Informação do Cateterismo Cardíaco

O que é o Cateterismo Cardíaco

Ilustração de um cateterismo

O cateterismo cardíaco é um método diagnóstico de avaliação cardíaca que consiste na introdução de um catéter num vaso sanguíneo para se chegar ao coração. O catéter é introduzido através da punção da pele, numa veia ou artéria, na virilha, percorrendo o sistema vascular até chegar ao coração.


 

Para que Serve

Conhecer o Coração

  • O seu funcionamento, fazendo-se com introdução de pequenas quantidades de produto de contraste e visualização através de aparelhos RX.
  • Mostrar malformações como cardiopatias congénitas.
  • Mostrar obstruções das artérias que irrigam o músculo cardíaco.
  • Identificar alterações do funcionamento das válvulas e do músculo cardíaco
  • Desobstruir artérias e válvulas.

Tratamento de Cardiopatias

  • Substituindo a cirurgia cardíaca.

 

Pode ser de dois tipos

Ilustração dos dois tipos de cateterismo

Cateterismo Diagnóstico: utilizado para observar os vasos e/ou cavidades cardíacas permitindo identificar transtornos cardíacos como malformações congénitas, estenoses dos grandes vasos, insuficiências valvulares, comunicações anómalas, etc.

Cateterismo de Intervenção: quando durante a sua realização se efectuam manobras de dilatação de vasos e válvulas obstruídas, se colocam dispositivos para se fazer o encerramento de defeitos congénitos como as comunicações intra-ventriculares e intra-auriculares e encerramento do canal arterial.


Onde e como se faz

Numa sala apropriada, com uma equipa especializada composta por cardiologistas, anestesistas, enfermeiros/as e técnicos/as de cardiopneumologia.

As crianças são anestesiadas para que o exame se realize com maior segurança e não sintam dor.

Ilustração de uma cirurgia

Para diminuir a dor no local da punção do cateter (virilha) é colocada pomada anestésica pelo menos uma hora antes do exame começar.

O exame é realizado no Hospital dos Covões onde existe uma sala com equipamento adequado. As crianças são sempre acompanhadas pelas mães/família e por enfermeira/o do serviço.

Após o exame ficam durante algumas horas em repouso e vigilância regressando de novo ao Hospital Pediátrico.

Quanto tempo dura o exame

É difícil estabelecer o tempo exacto, depende do tipo e do procedimento realizado.


Que Preparação é necessária

No dia anterior ao exame as crianças e famílias devem dirigir-se ao Serviço de Cardiologia, no 3º piso, onde são observados a fazem alguns exames: RX do tórax, electrocardiograma e ecocardiograma.

Em seguida são internadas no Serviço de Medicina.

Ilustração de uma enfermeira

A/O enfermeira/o que as vai receber, mostra-lhes o serviço e dá-lhes algumas informações sobre o seu funcionamento. Antes de colher o sangue necessário para as análises, coloca uma pomada anestésica no local da punção para evitar a dor.

Sempre que possível a punção é feita com um cateter que depois de se realizarem as colheitas fica encerrado até colocar um soro, no dia seguinte, algum tempo antes de sair para o exame. As crianças ficam em jejum 4 a 6 horas antes do exame, conforme a idade.

Se habitualmente lhe dá medicação em casa deve comunicar ao médico ou enfermeira para saber se pode continuar a fazê-lo e a que horas.

No dia do exame são acompanhadas pela mãe e/ou acompanhante e enfermeira/o até ao local ande este se realiza, Hospital dos Covões – Laboratório de Hemodinâmica.

A mãe aguarda na sala de espera enquanto se realiza o exame podendo permanecer junto da criança no restante tempo.

Enquanto aguardam, as crianças têm o apoio da Associação dos Pais e Amigos da Criança com Doença Cardíaca (APACDC) podendo fazer algumas brincadeiras e jogos.

Após o exame o/a médico/a vai informar a família dos resultados.

De regresso ao Hospital Pediátrico ficam em repouso e vigilância.

Têm alta na manhã do dia seguinte, depois de observadas pelo/a médico/a, ou dois dias depois, se o cateterismo for de intervenção.

 

Precauções depois do exame

A criança só regressa ao Serviço de Medicina quando estabilizada e acordada, sempre acompanhada por enfermeira/o.

Após o exame, durante algumas horas, deve permanecer em repouso com o membro onde foi introduzido o cateter esticado, evitando a flexão.

Deve observar-se o penso oclusivo que foi colocado no local da punção do cateter para pesquisar possíveis hemorragias assim como a coloração da pele e temperatura do membro onde foi feito o cateterismo.

Só pode iniciar a alimentação algum tempo depois, de acordo com a opinião da/o enfermeira/o ou médico/a.

A/O enfermeira/o responsável pela criança vai informar os pais sobre os cuidados necessários e como podem colaborar na realização desses cuidados.

O/A médico/a cardiologista virá ao serviço fazer observação médica se necessário.

 

Consentimento para o exame

O/A médico/a vai informar os pais do exame, em que consiste, o que se pretende e quais os riscos que podem ocorrer pedindo-lhes o seu consentimento de forma escrita.

 

Como informar o seu filho

A informação que uma criança pode obter depende da sua idade e desenvolvimento.

Devem-lhe ser explicados os procedimentos de forma clara, sem o/a enganar, respondendo de forma sincera às suas perguntas. Enfermeiras/os e médicos/as estão preparados para ajudar a dar essa informação.

 

A presença da família

Ilustração da família

O acompanhamento da família é permitido e incentivado para garantir a segurança afectiva que as crianças necessitam, sobretudo em períodos de hospitalização e ou cuidados médicos.

A/O enfermeira/o responsável informará os pais das condições da sua permanência, de acordo com os direitos familiares e as normas internas do serviço.

Procure esclarecer-se bem, perguntando tudo o que não entender e queira saber sobre a doença do seu filho para que fique elucidada/o de todas as dúvidas e receios.

Essa informação poderá ajudá-la/o a sentir-se mais segura/o e a transmitir mais tranquilidade ao seu filho.


 

Os cuidados em casa após exame

A criança deve evitar exercícios/brincadeiras violentas nos três primeiros dias a seguir ao exame.

Observe a zona do local da punção, lave com água e sabão e aplique um desinfectante se necessário ou coloque um penso.

Pode telefonar para o hospital se tiver dúvidas ou surgirem complicações (239 480 341 / 239 480 378).

Ilustração da equipa

Elaboração: Enf.ª Maria José Carvalho
Desenhos: Enf.ª Graça Fernandes

 
 
       Topo  
  Logotipo dos Hospitais SA 2014 Direitos Reservados - Centro Hospitalar de Coimbra, EPE Símbolo de Acessibilidade na Web www.acessibilidade.net